SEMANA DA POLÍTICA: as eleições municipais são ideológicas ou personalistas?

0

Sempre que eleições se aproximam os dois espectros políticos (direita e esquerda) ficam fervorosos pela propagação de sua ideologia… mas será que isso se aplica também às eleições municipais?

As eleições gerais (para deputados, senadores e presidente) sempre geram grandes discussões ideológicas, principalmente pela forma que os candidatos tendem a se posicionar. Em regra, a população costuma votar em quem tem mais afinidade com suas ideias, ou até com quem se identifica mais e que parece mais confiável, mas essa prática ocorre também nos municípios?

É difícil sustentar que os candidatos devem ser ideológicos em cargos políticos municipais, principalmente quando se tratam dos vereadores. Isso se deve à limitação que recai sobre eles, podendo tratar apenas de assuntos pertinentes a cidade e ao interesse público municipal.

Portanto, de nada adianta votar no candidato a vereador que se diz a favor da redução da maioridade penal, por exemplo, pois não compete a ele tratar de matérias desse tipo, mas sim dos deputados federais. Promessas desse tipo podem até atrair eleitores, mas não passam de propostas demagógicas e que não condizem com a realidade.

Nas eleições municipais, vota-se muito mais pela pessoa, por quem você conhece de fato… principalmente numa cidade pequena como a nossa. Percebe-se então, que é a personalidade do candidato que atrai os eleitores, sendo as eleições municipais mais personalistas que ideológicas.

No entanto, vale observar se as ideias do candidato que te atrai por sua personalidade são condizentes com as suas, ressaltando que uma coisa não anula outra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.