POLÍCIA CIVIL DE JACAREZINHO DEFLAGRA OPERAÇÃO VEREDICTO

0

Na manhã desta sexta-feira (14), a Polícia Civil de Jacarezinho deflagrou a Operação Veredicto para
cumprimento de mandados de prisão e busca e apreensão.
A operação recebeu este nome em razão da etimologia da palavra veredicto, que quer dizer decisão
pronunciada por uma autoridade, fazendo alusão ao fato das prisões e buscas terem sido expedidas
pelo juízo de direito em decisão judicial a este respeito, após representações realizadas pela
autoridade policial.
A operação contou com a participação dos policiais civis do Grupo de Diligências Especiais da 12ª
Subdivisão Policial de Jacarezinho, sob a coordenação da Delegada Adjunta, Dra Carolinne dos
Santos Fernandes e teve por objetivo coibir os delitos de tráfico de drogas, roubos, ameaças e
receptação de materiais oriundos de crimes.
Os mandados foram cumpridos em diversos portos da cidade, nos Bairros Jardim Paraíso, Nossa
Senhora das Graças, Jardim São Luiz e Jardim Santa Helena e resultou na prisão de 04 suspeitos,
sendo eles G.D.R. (18 anos), J.C.R.S. (33 anos), W.S.C. (20 anos) e L.A.M.G. (19 anos) e na
apreensão de 01 menor, M.A.D. (16 anos), além da apreensão de drogas e objetos de origem
duvidosa.
DA APREENSÃO DO MENOR – Após a apreensão do menor, M.A.D., os policiais civis
encontraram em sua residência 07 (sete) pedras de “crack”, além de diversas embalagens utilizadas
para o armazenamento e comercialização de drogas aos usuários.
Na Delegacia de Polícia o menor, que já possui diversas passagens policiais por tráfico de drogas,
assumiu a propriedade da droga e alegou que fazia a venda pelo valor de R$ 10,00 cada pedra.
Após a formalização do procedimento, o menor foi apresentado na Vara da Infância e Juventude,
bem como ao Ministério Público, atendendo o que determina a legislação penal aplicável.
DO MATERIAL APREENDIDO – Na residência do suspeito B.S.Q. (30 anos), os policiais deram
cumprimento a mandado de busca e apreensão, expedido pela Vara Criminal de Jacarezinho, em
continuidade a investigações de furtos ocorridos em estabelecimentos comerciais locais, tendo sido
encontrados diversos materiais que foram apreendidos.
Com a apreensão do material, as diligências continuam para comprovar a origem ilícita dos bens,
com consequente devolução para as vítimas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.