Mulher cai no golpe do bilhete premiado e perde nove mil reais em Cambará

0

No inicio da tarde desta quinta feira 13, uma senhora foi vitima do golpe do bilhete premiado em Cambará, os bandidos levaram cerca de nove mil reais da vitima.

Segundo o boletim de ocorrência, a vitima transitava pela rua quando foi abordada por uma mulher que lhe pediu informações sobre uma mulher que lhe havia doado uma televisão e mil reais, neste momento um homem se aproximou e a mulher também lhe perguntou sobre a mesma pessoa onde o mesmo respondeu que não conhecia.

Em dado momento a mulher relatou que estaria com um bilhete da Loto Fácil e que o mesmo estaria premiado, o tal homem ligou supostamente para a lotérica que confirmaram que o bilhete estaria mesmo premiado, e que deveriam ir até o Banco do Brasil sacar o dinheiro.

A vitima entrou no carro juntamente com os dois onde o homem novamente simulou uma ligação para o banco para confirmar mesmo que o bilhete estaria mesmo premiado e que não deveriam falar para ninguém, neste momento então a mulher pegou o celular da vitima e do homem para que não falassem nada sobre o premio a ninguém.

A vigarista falou aos dois que não sabia que o bilhete estava premiado e que sua religião não permitia que ela recebesse este dinheiro, então ela ofereceu o bilhete para os dois pela quantia de R$ 30.000,00, sendo R$ 15.000,00 de cada um e os dois dividiriam o premio que era de um milhão e trezentos mil reais.

A vitima relatou que só tereia a quantia de nove mil reais, o homem imediatamente pegou uma maquininha de cartão, pegou o cartão da vitima e realizou a transação no valor de R$ 3.300,00, depois com outro cartão de outro banco mais R$ 2.700,00, totalizando a quantia de R$ 6.000,00, em seguida levaram a vitima para a Caixa onde a mesma sacou mais R$ 3.000,00, totalizando os R$ 9.000,00.

Após o saque os dois colocaram a vitima no carro e dizendo que iriam ao Banco do Brasil para realizar o saque do premio, mas no caminho pegaram mais duas pessoas e se dirigiram, até uma estrada rural, onde o motorista perguntou para o outro homem se a arma estava com ele que respondeu que sim, ele então mandou a vitima descer do carro e não olhar para trás se não ele a mataria e se evadiram do local.

A vitima voltou a pé para Cambará e próximo a Pipeline conseguiu pedir ajuda e então sua filha a buscou e foram até a companhia de policia Militar para registrar o boletim de ocorrência, a vitima chegou a anotar a placa do carro mas a mulher a fez apagar dizendo q não precisava desconfiar deles.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.