Um Manifesto à Negligência.

1

Nos últimos tempos, a cidade de Jacarezinho vem sofrendo de um histórico nada agradável, e que vem custando a vida de cidadãos Jacarezinhenses e da região, que passam nas duas rodovias que margeiam o município.

A passagem do trevo da PR 431, saída da Vila Silas em Jacarezinho para Cambará, vem sendo palco de vários acidentes em grande maioria com vitimas fatais como foi o caso de ontem,dia 02 de Setembro, em que um grave acidente tirou a vida de um cidadão trabalhador e pagador de impostos e que teve sua vida ceifada em um trevo obsoleto e ultrapassado que não corresponde com a realidade do intenso transito que tem hoje naquela rodovia.

E esse texto serve de apelo às autoridades estaduais e do Poder Público municipal, a inerência negligente de nossa administração está custando um preço muito caro às famílias das vítimas, e o problema não é novo, já fizemos várias matérias com reclamações e até apelos a deputados que hoje vem a nossa cidade pedir votos para seus candidatos e novamente fazer promessas que nunca passam de palavras vãs.

Enquanto isso os competentes a tomarem uma medida quanto a isso não a tomam, ficam dentro de seus gabinetes com ar condicionado enquanto este trevo está colocando em risco a vida de muitos outros motoristas que transitam por estas vias.

Uma solução simples, como a instalação de redutores de velocidade, sejam eles eletrônicos ( Radares ) ou obstáculos físicos (lombadas) já amenizaria o problema, mas a solução mesmo seria com a construção de uma rotatória ou de uma trincheira para que os veículos não precisassem cruzar a rodovia.

Resta a pergunta, até quando a cidade terá que velar os seus entes, e ainda por negligência quantas vidas serão cessadas até que os olhos da Administração Pública se voltem para esse fato?

Veja a matéria sobre o acidente: https://www.tabajaranoticias.com.br/grave-acidente-deixa-uma-pessoa-morta-e-outra-gravemente-ferida-na-pr-43em-jacarezinho/

1 COMENTÁRIO

  1. o texto é correto só tem um erro aonde esta escrito autoridades todas aqui não existe nem uma nem outra a não ser tem alguma destas ai tendo lucros com as mortes mas dentro de poucos dias muito bateram na sua porta e na minha pra dizer se eu ganhar vou resolver e voltam daqui a quatro anos e nos vamos continuar com vidas ceifadas ali

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.